segunda-feira, 6 de julho de 2009

Imagem do Dia - Os Maiores Aviões do Mundo



Airbus A-380:


(Click na Imagem para ampliar)

O Airbus A380, desenvolvido e construído pela Airbus S.A.S. (EADS Systems), é o maior avião comercial de passageiros da história. O avião, chamado frequentemente de Superjumbo, fez seu primeiro vôo experimental em 27 de Abril de 2005 em Toulouse, França.

O A380 consumiu mais de dez anos e cerca de 12 bilhões de euros (R$ 35,1 bilhões) para ser desenvolvido.
O avião gigante, que fez o seu vôo inaugural no final de Abril, foi a estrela da Paris Air Show, feira no campo aéreo de Le Bourget, nos arredores de Paris (França). A General Electric e a Pratt & Whitney se aliaram em 1996 para desenvolver o GP7200, um motor avançado, de alta tecnologia e elevado rendimento.

O GP7200 usa sub-sistemas do PW4000 e do GE90 (maior e mais potente motor do mundo com 115 000 lbf de empuxo e 3,43 metros de diâmetro, usado no Boeing 777). O GP7200 foi originalmente desenvolvido para ser usado no Boeing 747 500/600X, que foi cancelado devido a falta de demanda nas linhas aéreas. O GP7200 acabou sendo adaptado para ser usada no 'A380.
Seu preço divulgado foi de US$300 milhões de dólares.


------------------------------------------------------------------------------



Antonov An-225:

(Click na Imagem para ampliar)

O Antonov An-225 Mriya é um avião cargueiro ucraniano peso-pesado. Ele foi desenvolvido para transportar cargas enormes e pesadas que jamais poderiam ser transportadas por outros aviões de carga convencionais como o Boeing 747. É o maior avião de carga do mundo e o maior avião do mundo e só existem 2 deles (um recentemente completo).

Ele pousa em chão de terra (com ou sem chuva) e até na neve (incluindo regiões remotas e desérticas da Sibéria). Este avião foi utilizado para transportar o ônibus espacial russo Buran.


DADOS:

Tipo de aeronave: Cargueiro

Propulsão: 6 turbinas ZMKB Progress Lotarev D-18T (com 229,50 kN de propulsão cada)

Peso máximo de carga permitido para conseguir decolar: 600 t.
Peso máximo de carga útil (interna ou externa): 250 - 275 t.
Envergadura de asa: 88,4 m
Comprimento: 84 m
Velocidade: 800 km/h
Altura: 18,1 m (excluindo o trem de pouso)

Dimensões de carga: 35,97 m de comprimento; 6,4 m de largura; 4,39 m de altura
Autonomia de voo com carga máxima: 4.500 km
Autonomia de voo com tanques de combustível cheios: 15.400 km

Tripulação: 7 pessoas.
Zona de carga caberia o equivalente a: 1.500 pessoas

(Click na Imagem para ampliar)
(Click na Imagem para ampliar)
-----------------------------------------------------------------------------------

Airbus Beluga:

Airbus A300-600ST (Super Transporter) ou Beluga é uma versão do Airbus A300, com partes modificadas para ser um avião cargueiro capaz de transportar grandes cargas e partes de outros aviões. A versão cargueira com grande capacidade volumétrica do Airbus A300-600 foi projetada para substituir os antigos Super Guppy da Aero Spacelines.

Estes aviões foram, até a entrada em operação dos "Beluga" (como foram apelidados os A300-600ST) utilizados pela Airbus para transportar asas e fuselagens de suas aeronaves entre as fábricas situadas na Alemanha, França e Reino Unido.

O desenvolvimento do A300-600ST foi iniciado em agosto de 1991 e apenas três anos depois o primeiro protótipo fazia seu roll-out em Toulouse. O primeiro vôo, em Setembro de 1994, deu início ao processo de homologação, recebida em meados de 1995 após 400 vôos de teste.

A primeira unidade, o antigo protótipo, entrou em operação na Airbus em Janeiro de 1996. A entrega das quarta unidade ocorreu de Junho de 1998, quando finalmente os Super Guppy foram aposentados.
Essencialmente baseado no A300-600, possui a mesma asa, motores, a fuselagem inferior, trem de pouso principal e cabine de comando.

A principal mudança é a enorme fuselagem, equipada com uma porta tipo "clamshell" na frente, que obrigou um reposicionamento do cockpit. A cauda também foi modificada, com a utilização de pequenos estabilizadores verticais instalados nos profundores.
O controle e gerênciamento da frota de Belugas é feito pela SATIC, uma empresa formada em parceria entre a Aérospatiale e a DASA.

Além de realizar o transporte de partes para a Airbus, a SATIC também oferece a grande capacidade volumétrica do avião (1400m3) para o transporte de cargas volumosas, o que acabou justificando a introdução em serviço de uma quinta aeronave, incorporada à frota em 2000.


(Click na Imagem para ampliar)

----------------------------------------------------------------------------------

Boeing B-29 Superfortress:

O Boeing B-29 Superfortress é um avião militar com quatro motores a hélices que foi utilizado como bombardeiro durante a Segunda Guerra Mundial e na Guerra da Coreia pela Força Aérea dos Estados Unidos da América.


Foi também o avião que levou as bombas atômicas para o ataque às cidades de Hiroshima e Nagasaki.
O Boeing B-29 foi o maior avião em serviço durante a Segunda Guerra Mundial. Ele era considerado avançado para os outros bombardeiros da época, tendo como como inovações a cabine pressurizada, sistema central de controle de fogo e metralhadoras controladas por controle remoto.

Embora desenvolvido para ser um bombardeiro diurno de alta altitude, na prática realizou mais missões incendiárias noturnas de baixa altitude.
Até a sua retirada no final dos anos 60, 3.900 B-29 foram construídos.


(Click nas Imagens para ampliar)
------------------------------------------------------------------------------------

Imagens Impressionantes do Aeroporto de St Maarten, nas Antilhas Holandesas:


(Click nas Imagens para ampliar)

video



video


video

2 comentários:

Arthur disse...

Musito legal

Arthur disse...

Legal muito d+ o blog✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈��������������������������������������������������������������✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈✈